Posts Recentes

INVERNO + FONDUE = CERVEJA

INVERNO + FONDUE = CERVEJA

Por Candy Nunes, Sommelière de Cervejas, Mestre em Estilos, Técnica Cervejeira e apresentadora –  @candysommeliere Existem cervejas de inverno? Bem, vou responder essa maravilhosa pergunta com outra: existe amor de verão?Pois é, claro que não há época para o amor, porém não há como negar que o 

CERVEJA ALEMÃ: UMA TRADIÇÃO!

CERVEJA ALEMÃ: UMA TRADIÇÃO!

Por Anderson R. Lobato, dentre vários defeitos: Santista sofredor, Homebrewer, Sommelier de Cervejas, pai do Dudu e amante de um @Pao_Liquido.  Fala cambada de cervejeiros, tudo bem por aí? Turma, por aqui ainda nos cuidando bastante e na expectativa da chegada da vacina para o quanto 

MÚSICA E CERVEJA

MÚSICA E CERVEJA

Por André “Carioca” Souza, beersommelier, mestre em estilos e técnico cervejeiro, estatístico de profissão, atua no mercado cervejeiro desde 2008 tendo feito seu primeiro curso com Leonardo Botto. Especialista em harmonização de cervejas e responsável pela divulgação de conteúdo do @embxdrs.da.cerva.

Pessoal, vocês já repararam que nós estamos sempre sujeitos a vários estímulos sensoriais, de maior ou menor intensidade, que nem sempre percebemos o quanto isso atinge o nosso cérebro?

Algumas sensações combinam tão bem com cerveja que fica fácil lembrar delas. Por exemplo uma Pilsen com amendoim, uma Lambic com frutos do mar ou até mesmo uma Stout com pudim de leite com aquela calda de caramelo…delícia.

Mas e quando a harmonização é de outro tipo e você tem que escolher aquela cerveja praquele momento especial onde esteja tocando uma música???

Se você achou que isso não existe, sim ela existe, e a harmonização de cerveja com música dá-se o nome de “Beer Music Pairing”!

SOM CERVEJEIRO

Pode parecer mentira mas uma banda inglesa chamada The Editors, junto com a The Brussels Beer Project, promoveram um estudo onde 231 participantes opinaram sobre qual a melhor combinação ou “beer-pairing” entre cervejas e estilos musicais.

De acordo com o estudo, as notas musicais e as sensações de êxtase e alegria são amplificadas de acordo com cada estilo de cerveja!

Música e Cerveja para curtir
B.B.King Paulistânia Trem das Onze

Cervejas mais leves e frutadas harmonizam melhor com músicas mais puras ou mais trabalhadas com piano ou flautas. Estilos sour combinam melhor com músicas mais rápidas, mas com pegada, tipo um Nirvana ou Alice in Chains. Cervejas mais fortes remetem a músicas mais pesadas, tipo um heavy metal. E por fim, as mais lupuladas harmonizam melhor com músicas instrumentais tipo blues ou jazz.

Lúpulo é com ela mesma! Saiba mais: UMA MARCA COM DNA PAULISTANO – PARTE 5 TREM DAS ONZE

Que viagem né, mas deixe sua opinião sobre isso nos comentários.

Agora vamos à prática: Quando você vai a um churrasco, qual música você normalmente escuta (sem preconceito com os estilos de música, viu gente)? Claro que vai ser aquele samba, aquele pagode ou até mesmo aquela música sertaneja raiz.

PARA SOCIALIZAR…

Por uma questão cultural, nós brasileiros estamos acostumados a fazer essa combinação perfeita entre churrasco e cerveja leve com estes estilos musicais. Então é claro que a harmonização vai ser com uma Pilsen trincando, por exemplo a Paulistânia Marco Zero que, além de ser leve e teor alcoólico de 4,8%, ainda tem um dulçor que harmoniza com a carne e, porque não, amendoim e aperitivos.

Conheça UMA MARCA COM DNA PAULISTANO – MARCO ZERO, UM CAPÍTULO À PARTE

Quanto maior a quantidade de cervejas consumida, menor será o nível da música, às vezes passando pro clássico brega ou até mesmo pro funky. Por isso, modere no seu consumo de álcool.

JUNTAS, MÚSICA E CERVEJA PODEM SER EXPLOSIVAS!

Música e Cerveja para namorar

PARA NAMORAR…

Agora, imagina que você quer levar um date para sua casa e você quer fazer um jantar romântico? Qual seria a sua trilha sonora para isso? Se você pensou por exemplo em alguma balada com Pearl Jam, pode ter certeza que uma cerveja muito forte, do estilo Stout, ou muito leve, do estilo Pilsen, talvez não vá ser a melhor pedida.

Agora imagine você comemorando com uma brut no estilo Barley Wine, a Paulistânia X, que possui adição de pimenta rosa e é super refrescante e condimentada ao mesmo tempo? Não seria uma bela surpresa? Aqui a harmonização está em você ter uma combinação de sabores refrescantes, mais o momento que não requer excessos e, por que não, o sabor do beijo com uma pitada de pimenta?

Tudo sobre esta cerveja incrível aqui: UMA MARCA COM DNA PAULISTANO – PARTE 4 PAULISTÂNIA X

PARA RADICALIZAR…

Continuando nessa dica, se você curte heavy metal, por que não experimentar a cerveja Trooper Fear of The Dark, uma English Stout que remete a notas de café e chocolate, super encorpada experimentando ela ao som desta mesma música do Iron Maiden?

Música e Cerveja Heavy Metal

Conheça as cervejas do Iron Maiden aqui: A CERVEJA DO ROCK: CONHEÇA A TROOPER IRON MAIDEN

PARA VIAJAR…

E para não deixar cair esse prato, porque não ouvir uma música psicodélica das bandas Led Zeppelin, Rush ou Pink Floyd, na companhia de uma cerveja mais extrema com 6,8% de abv, tipo uma Baladin Nora, do estilo Specialty Egyptian Ale, cuja fabricação leva ingredientes especiais como o cereal egípcio kamut, gengibre e mirra, uma espécie de resina aromática que é extraída de árvore africana.

Uma verdadeira viagem!

Curioso para saber mais sobre esta maravilha etílica? Acesse A ITÁLIA EM SÃO PAULO

Vocês perceberam então que opção é o que não falta.

OS ALEMÃES NÃO ME DEIXAM MENTIR

Tanto é que a maior festa de todos os cervejeiros de todos os tempos, a Oktoberfest de Munich na Alemanha, é tradicional por conta das suas músicas dançantes locais celebrada com muita alegria e muita cerveja dos estilos Munich Helles, German Pilsen e a tradicional WeissBier.

Oktoberfest: muita Música e Cerveja na maior festa cervejeira do mundo

Para o casamento do filho e príncipe Ludwig com a amada Theresa em 17 de outubro de 1810, o Rei Maximilian I Joseph da Baviera não poupou recursos.

A festa de casamento contou com nada menos do que 40 mil convidados. Regado a muita cerveja e música clássica (em 1810 não existiam guitarras e bateria né) surgiu assim o maior evento cervejeiro do planeta.

Saiba mais em OKTOBERFEST: COMO SURGIU O MAIOR FESTIVAL DE CERVEJA DO MUNDO

Uma bela escolha para harmonização entre cerveja e música bávara é a Konig Ludwig. Criada em homenagem ao príncipe de mesmo nome, é considerada a melhor cerveja de trigo pelo World Beer Awards de 2008.

Entre seus diversos sabores podemos perceber as notas de cravo e banana, diluídos em um corpo com turbidez e refrescância.

Uma cerveja sensacional para se experimentar aos montes!

Entenda o porquê: KÖNIG LUDWIG – UM CONTO DE FADAS CERVEJEIRO

Prost!

 Portanto, se vocês querem curtir uma harmonização diferente, saibam que no site da Confraria Paulistânia Store você vai encontrar várias opções para este momento mágico entre música e cerveja.

Aproveitem as dicas e deixe aqui embaixo o seu comentário sobre a melhor harmonização que você já fez entre música e cerveja!

Saúde e até a próxima!

KÖNIG LUDWIG – UM CONTO DE FADAS CERVEJEIRO

KÖNIG LUDWIG – UM CONTO DE FADAS CERVEJEIRO

Por Candy Nunes, Sommelière de Cervejas, Mestre em Estilos, técnica Cervejeira e apresentadora. Correspondente audiovisual do Guia da Cerveja. @candysommeliere Nada pode ser mais prazeroso do que trabalhar com amor e colocar o coração naquilo que se faz. Para mim, escrever sobre cervejas e conhecer novos